Na Idade do Capuccino


Toupeira do fim do século. Uma celebridade acidental, com uma mancha careca que se espalha, desesperada pelos valores atuais da família, Mole ainda está preocupada: o Viagra está traindo? Por que a BBC1 não produz The White Van, sua comédia serial killer? A roda do milênio NUNCA vai girar? O Pandora Braithwaite MP se tornará o bebê favorito de Blair? Pauline Mole jogará a cautela aos ventos com um arremesso antes dos milênios? George Mole recuperará sua função erétil? E o próprio Adrian encontrará a satisfação que ele procura como chef de celebridades, mãe solteira e romancista celibatário?



Saiba Mais


FICHA TÉCNICA

Título Original: Adrian Mole: The cappuccino years

OutrosTítulos: 

Ano de Edição: 1999

Etiqueta(s): 

Colecção: 

Série(s): 

Vendas: 20 milhões de exemplares.

Avaliação interna (1 a 5): 3

Inf. Web: 

“Pego mais uma vez na caneta para registar um momento importantíssimo para os homens (e, graças a Deus, como este é um diário secreto, não tenho que acrescentar «e para as mulheres»).”

É assim que começa o mais recente dos volumes do diário de Adrian Mole. Encontramo-nos no limiar de uma nova era política na Grã-Bretanha. Os trabalhistas preparam-se, pela mão de Tony Blair, para assumir os destinos da Nação. A viver em Londres, onde é um cozinheiro de sucesso num restaurante da moda, no Soho, Adrian regressa a casa para votar na sua amada de sempre, Pandora Brathwaite, bela e elegantemente vestida candidata trabalhista. No Leicester, todos os membros da família Mole esperam que a eleição lhes traga riqueza, realização e felicidade pessoais. Pois o número 17 de Wisteria Walk é um verdadeiro turbilhão das angústias do final do século vinte.

Em Londres ou no Leicester, no Soho ou na província, Adrian, agora com 30 anos e 3/4, continua igual a si próprio. A crónica dos últimos anos do século é feita com uma com uma espontaneidade desdenhosa, as suas preocupações continuam: ficará a Estrutura do Milénio pronta a tempo? Tomar Viagra será batota? Por que razão a BBC não quer produzir A Carrinha Branca, a sua comédia sobre assassínios em série? As partidas que o mundo lhe prega continuam a surpreendê-lo.

Na Idade do Capuccino de Adrian Mole é um retrato hilariante da actualidade inglesa e, tal como a bebida, está coberto por uma espuma deliciosa que adoça as angústias do início de milénio.

 

Ano de Edição
1990 -1999
Gênero
Ficção
País do Autor
Inglaterra
Língua
Português