Minha doce Paris


Sempre obcecada por tudo que vinha da França, Amy Thomas conseguiu uma boquinha tão gostosa quanto o mais puro chocolate amargo: mudar-se de Manhattan para Paris e redigir anúncios publicitários para a Louis Vuitton. Trabalhando na Champs-Élysées, passeando por ruas charmosas e explorando as melhores confeitarias e padarias parisienses, Amy ficou maravilhada com a grandiosidade da Cidade Luz. Mas apaixonar-se por uma cidade significa virar as costas para a outra? Por mais que Amy amasse Paris, uma parte dela se sentia como uma gotinha de chocolate em um mar de tradicionais macarons. Minha Doce Paris mostra como a busca pela felicidade pode ser tão efêmera como o crescimento de um suflê de caramelo salgado e tão intensamente prazerosa quanto um bolo de chocolate derretido, e como a vida que deveríamos viver nem sempre tem o sabor que imaginávamos. Ao mesmo tempo, declaração de amor à Paris e à Nova York, e devoção total a tudo que é doce, Minha Doce Paris é um mapa do tesouro para todos os que têm fome de viver.



Saiba Mais


FICHA TÉCNICA

Título Original: Paris, My Sweet: A Year in the City of Light (and Dark Chocolate)

OutrosTítulos: Minha doce Paris: um ano na cidade (e do chocolate amargo)

Ano de Edição: 2012

Etiqueta(s): 

Colecção: 

Série(s): 

Avaliação interna (1 a 5): 3

Inf. Web: 

Sempre obcecada por tudo que vinha da França, Amy Thomas conseguiu mudar-se de Manhattan para Paris e redigir anúncios publicitários para a Louis Vuitton. Trabalhando na Champs-Élysées, passeando por ruas charmosas e explorando as melhores confeitarias e padarias parisienses, Amy ficou maravilhada com a grandiosidade da Cidade Luz. Mas apaixonar-se por uma cidade significa virar as costas para a outra? Por mais que Amy amasse Paris, uma parte dela se sentia como uma gotinha de chocolate em um mar de tradicionais macarons. 'Minha Doce Paris' pretende mostrar como a busca pela felicidade pode ser tão efêmera como o crescimento de um suflê de caramelo salgado e tão prazerosa quanto um bolo de chocolate derretido, e como a vida que se deveria viver nem sempre tem o sabor que se imaginava.

 

Ano de Edição
2010-2019
Gênero
Ficção
País do Autor
Estados Unidos da América
Língua
Português