Loja de Antiguidades


Em Londres, numa velha loja de quinquilharias, vivem a orfã Nell e o seu avô. Os pais de Nell morreram na miséria e o avô protege a jovem do mundo. O único contacto com alguém da sua idade é com Kit, o jovem ajudante que trabalha na loja do avô. Disposto a tudo para garantir um futuro risonho à neta, o avô decide tentar a sua fortuna ao jogo, perdendo todo o dinheiro que tinha, e até a loja, para o diabólico Daniel Quilp, um agiota sádico que se compraz com a miséria alheia. Expulsos da loja, Nell e o avô iniciam uma viagem terrível, enfren¬tando a vida nas ruas e perseguidos por personagens misteriosos que acreditam que o avô tinha uma fortuna guardada. O romance de Dickens, publicado originalmente em folhetins de tal sucesso que no cais de Nova Iorque houve uma invasão e confrontos quando se esperava a chegada do último capítulo, é uma denúncia da avareza e de como os cidadãos honestos estão expostos à maldade humana e vivem desprotegidos numa sociedade que pouco se importa. Foi também um dos livros que mais contribuíram para despertar a atenção para a questão dos sem-abrigo na sociedade vitoriana e que levou à criação de políticas de protecção para uma grande franja da população.



Saiba Mais


FICHA TÉCNICA

Título Original: The Old Curiosity Shop

OutrosTítulos: 

Ano de Edição: 1841

Etiqueta(s): 

Colecção: 

Série(s): 

Avaliação interna (1 a 5): 3

Inf. Web: https://pt.wikipedia.org/wiki/The_Old_Curiosity_Shop

The Old Curiosity Shop (pt.: A Loja de Antiguidades) é um romance de Charles Dickens. O enredo centra-se na vida de Nell Trent e do seu avô, ambos residentes na Old Curiosity Shop em Londres.

The Old Curiosity Shop foi um dos dois romances (o outro é Barnaby Rudge) que Charles Dickens publicou, em conjunto com outros pequenos contos, no Master Humphrey's Clock, um periódico semanal que foi publicado entre 1840 e 1841. A história foi tão popular que os leitores de Nova Iorque invadiram o cais quando o navio com a última publicação chegou à América em 1841 .

O romance foi publicado em formato de livro em 1841.

Existe em Londres uma loja chamada The Old Curiosity Shop. Fica nos números 13-14 na Portsmouth Street em Westminster e acredita-se que tenha sido a inspiração para o romance. O edifício é do século XVI e o nome da loja foi mudado depois da publicação do livro de Charles Dickens.

 

Ano de Edição
1840 - 1849
Gênero
Ficção
País do Autor
Inglaterra
Língua
Português