Grandes Esperanças


Adaptado Filme

Publicado pela primeira vez em 1860/61, Grandes Esperanças é um dos romances mais sérios de Charles Dickens. É impossível escapar ao poder de sedução desta obra poderosa e violenta — de onde não estão ausentes nem a sátira nem o humor. Tal como num romance policial, o mistério apodera-se da nossa atenção e a revelação da sua verdade psicológica e moral mantém-nos em suspenso até ao derradeiro momento. Hipnotizados pela voz de Pip e guiados pela sua memória, vamos desvendando o segredo das suas «grandes esperanças» e testemunhando o encontro de um homem consigo próprio.



Saiba Mais


FICHA TÉCNICA

Título Original: Great Expectations

Outros Títulos: 

Etiqueta: Adaptado a Filme - Endereço Web: https://pt.wikipedia.org/wiki/Grandes_Esperan%C3%A7as_(filme_de_1998)

Colecção: 

Série(s): 

Inf. Web: https://pt.wikipedia.org/wiki/Great_Expectations

Great Expectations (Grandes Esperanças) é um livro escrito por Charles Dickens, que conta a história de Philip Pirrip. É dividido em três volumes e foi adaptado para o cinema e para a TV várias vezes. Foi escrito durante a era vitoriana.

O livro foi inicialmente publicado em série, no All the Year Round entre 1 de dezembro de 1860 e agosto de 1861.

 Enredo

A história de Great Expectations ocorre entre 1812, quando o protagonista tinha 7 anos, e o inverno de 1840.

Narra a vida de Pip (Philip Pirip), um rapaz a quem foi concedida uma fortuna a fim de se tornar um cavalheiro sem o árduo esforço ou a aristocrática fonte de renda necessários para tal papel. Logo cedo na vida, ele ajuda um condenado, Abel Magwitch, que, após ser deportado para a Austrália, retribui seu jovem benfeitor com grandes somas em dinheiro; como o advogado envolvido no caso não diz nada ao entregar o dinheiro, Pip acha que foi obra de uma velha dama, miss Havisham. Magwitch depois volta clandestinamente a Londres, sendo mal recebido por Pip, pois tudo nele rescende a delinquência e aborrecimento.

No final, porém, Pip se reconcilia com Magwitch e sua realidade; acaba reconhecendo Magwitch - perseguido, preso e mortalmente doente - como uma espécie de pai, sem o negar nem o rejeitar, embora Magwitch seja de fato inaceitável (naquela época), vindo da Austrália, colônia penal destinada à reabilitação, mas não ao repatriamento, de criminosos ingleses degredados.

Histórico

Importante lembrar que, durante o período em que Charles Dickens escreveu este livro (1861), no final do séc.XIX, a Inglaterra havia fundado a colônia penal na Austrália e era necessário expandir o Império (inglês), pois este havia perdido colônias na América. Esta obra é também importante auxiliar nos estudos sobre imperialismo.

Grandes Esperanças

Língua
Português
Ano de Edição
1960 -1969
Gênero
Ficção
País do Autor
Inglaterra