A Rainha dos Condenados


BEST-SELLER

Em A rainha dos condenados, a escritora americana Anne Rice retoma os personagens que a tornaram famosa e faz o livro de maior suspense e densidade de suas Crônicas Vampirescas. Aqui, há vampiros para todos os gostos. Jovens e delinqüentes, como Baby Jenk, da Gangue das Garra, românticos como Armand e Daniel, estudiosos como Jesse, que investiga para a organização conhecida como Talamasca, a história desses seres estranhos, imortais misturados entre mortais, para quem sangue, sexo e morte são elementos indissolúveis do dia-a-dia. Reunidos em torno de Lestat, eles respondem ao chamado de sua música quase hipnótica e correm, ao longo da narrativa de Anne Rice, um perigo difícil de evitar. É que o som de Lestat desperta Akasha, a mãe dos vampiros, a encarnação da força maléfica feminina, disposta a escolher os justos, entre os vampiros, através de um banho de sangue.Mestra da alquimia entre crueldade e poesia, Anne Rice prova em A rainha dos condenados saber fazer em literatura o que Lestat faz em música. Impossível não segui-la hipnoticamente até a última página.



Saiba Mais


FICHA TÉCNICA

Título Original: The Queen of the Damned

OutrosTítulos: 

Ano de Edição: 1988

Etiqueta(s): BEST-SELLER

Colecção: Crónicas Vampirescas - Volume 3

Série(s): 

Vendas: 6 milhões de exemplares.

Avaliação interna (1 a 5): 3

Inf. Web: https://pt.wikipedia.org/wiki/The_Queen_of_the_Damned

A Rainha dos Condenados (br) ou A Raínha dos Malditos (pt), no original em inglês The Queen of the Damned (1988), é o terceiro livro da série Crônicas Vampirescas de Anne Rice.

Continuando diretamente do final de O vampiro Lestat, narra a origem dos vampiros, a transformação de Akasha e a Lenda das Gêmeas Maharet e Mekare.

 

Ano de Edição
1980 - 1989
Gênero
Ficção
País do Autor
Estados Unidos da América
Língua
Português